top of page

Maternidade não é obstáculo para empreender

Isabel Tuñas foi mãe em 2020, abandonou o mundo corporativo e fundou a rede de franquias de aluguel de brinquedos Facilitoy; hoje, ela é especialista em negócios e empreendedorismo na maternidade



Isabel Tuñas, fundadora da Facilitoy (Foto: Divulgação)

Ser mãe e ter de trabalhar ou tocar o próprio negócio. Essa dupla função, em muitos casos, faz com que uma se sobreponha e invalide a outra. Isabel Tuñas, fundadora e CEO da Facilitoy, e mãe da Alice (8 anos) e da Marina (5 anos), sentiu isso na pele, mas arregaçou as mangas e, em vez de escolher entre ser mãe ou trabalhadora, uniu as duas opções.


Graduada em Administração pela PUC (Pontifícia Universidade Católica) do Rio de Janeiro e com MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getulio Vargas, ela atuou no setor de hotelaria e viveu uma rotina de trabalho intensa, com jornadas que facilmente chegavam a 12 horas diárias. Isso ocorreu até o nascimento de sua segunda filha.


Ao ter de voltar ao trabalho, ela teve um sentimento de culpa por ter de deixar a filha enquanto trabalhava. Foi quando buscou ressignificar a vida pessoal e profissional e partiu para o empreendedorismo.


O foco dela foi se manter conectada com a maternidade: nasceu então a Facilitoy, em 2020, em Macaé (RJ). Isabel desenvolveu um modelo de negócio com o propósito de que mães vivam o momento da maternidade de forma presente e sem precisar abrir mão de conquistar a liberdade financeira.


A primeira loja foi aberta pouco antes do início da pandemia. Mesmo diante desse desafio, em 2022 a Facilitoy deu início ao processo de expansão por meio do modelo de franchising, hoje com 33 unidades franqueadas. A expectativa é finalizar 2023 com 40 cidades atendidas em todas as regiões do país. Atualmente, a sede é em São Paulo (SP).


A proposta da Facilitoy é, em vez de vender brinquedos pelos quais as crianças perdem rápido o interesse, possibilitar o aluguel desses itens. Além da economia (ao não adquirir brinquedos e acessórios infantis), o modelo de negócio promove o respeito ao meio ambiente, já que os mesmos itens podem ser usados por mais de uma criança.


“Nossa proposta é de trabalhar com um brincar consciente, sustentável, inteligente e acessível pelo tempo certo que as crianças se interessam por cada brinquedo. Ao locar os brinquedos e acessórios, os clientes economizam até 90% em relação ao valor de compra. O tempo que uma criança se interessa por um brinquedo é de 36 dias. Depois, ele perde o uso e fica ocupando espaço em casa”, diz Isabel.


“Minha intenção é proporcionar às mães uma franquia com a qual elas possam conquistar a liberdade financeira sem abrir mão da proximidade e dos cuidados com os filhos e o lar”, explica a empresária. “A Facilitoy nasceu com o propósito de estimular o brincar consciente e sustentável, criando uma rede de mães empreendedoras”, complementa.


Com a guinada na vida pessoal e profissional e a fundação da Facilitoy, Isabel se tornou também especialista em negócios e empreendedorismo na maternidade. Hoje, além de realizar palestras e mentorias, ela é constantemente procurada pela imprensa para debater o assunto.


Recentemente, Isabel participou do reality show de empreendedorismo Shark Tank Brasil e a Facilitoy recebeu aporte financeiro da empresária Carol Paiffer, que adquiriu 35% da empresa por R$ 350 mil.

bottom of page