top of page

Komplexo TEMPO coloca os galpões industriais da Mooca de volta à história da indústria têxtil

Espaço do empresário e agitador cultural Klaus Pian se tornou uma das casas da edição 53 do São Paulo Fashion Week e também festa de encerramento, a primeira desde que teve início a pandemia Covid-19



Um dos galpões foi transformado em sala de desfile para o SPFW (Foto: Cassiano de Souza)

Os 12 mil m2 que formam a estrutura completa do Komplexo TEMPO, na Mooca, reúne diversos galpões de antigas fábricas que margeiam uma estrada de ferro ainda em atividade. Daquelas plataformas, que hoje foram transformadas em um lounge, eram escoados grãos, algodão e tecidos que seguiam de trem para o Porto de Santos. Décadas depois, esses mesmos galpões voltam a respirar a moda brasileira que ajudaram e desenvolver, ao ser uma das casas de edição 53 do São Paulo Fashion Week, não apenas dos desfilas, mas da grande festa de encerramento que aconteceu no sábado, dia 4 de junho de 2022.


“Abrimos as portas há pouco mais de um mês abrigando eventos que atraíram um público órfão de grandes festas, por exemplo, com o fechamento da The Week no ano passado, casa que eu era sócio. Por isso, criamos um projeto proprietário dentro do Komplexo TEMPO dedicado ao público LGBTQIAP+, o Teia Klub, que nasceu no dia 20 de abril, durante o soft opening do espaço e que passa, agora em Junho, a ser o Teia Pride Festival. Em setembro, o projeto ganha independência e um espaço só seu dentro do Komplexo Tempo”. revela o empresário Klaus Pian.


Contudo, o fundador explica que seu novo empreendimento não se trata apenas de uma nova balada. “Veja que, agora, também nos tornamos um dos hot spots da moda em um dos eventos mais importantes do mundo, a SPFW. Todo esse movimento mostra o real propósito do Komplexo TEMPO, um espaço que pode, não apenas transitar por diferentes universos, como também conectá-los em experiências que valorizem a diversidade em todas as suas expressões”.


Estação de Trem

A estrada férrea que corta o Komplexo TEMPO ainda está em atividade, no entanto, como um modal de transporte que, atualmente, é pouco usado no país, por ali é possível ver um trem passar apenas uma vez por semana. Enquanto isso, as plataformas das estações e a área verde que abraçam a linha se transformam em um espaço de convivência único com lounge e jardins.


“Estamos fazendo um trabalho lindo em nossa área verde, totalmente alinhado com os nossos valores e propósitos de preservação histórica e ambiental. Por exemplo, temos sido acompanhados por um biólogo que está nos ajudando a criar um ecossistema que atenda aos pássaros nativos da área, inclusive considerando a migração das espécies em cada uma das estações do ano”, destaca Pian. “Isso significa que quem nos visitar no inverno e depois na primavera ou no verão encontrará cenários vivos e sons da natureza diferentes”


Passado x Futuro

Os galpões foram restaurados e 80% de toda a estrutura é original, dos tijolos das paredes às estruturas de aço, preservando a estética industrial que se entregou perfeitamente com o trabalhos de artistas plásticos de Street Art, mobiliário luxuoso, além da luz e som de última geração. “São Paulo finalmente foi presenteada com um espaço de entretenimento alinhado com áreas consagradas ao redor do mundo. Agora, estamos efetivamente na rota da noite de Nova York, Amsterdã e Berlim”, diz o idealizador.


Sejam festas para multidões, como o projeto Teia Klub, ou eventos importantes, como o SPFW, os galpões do Komplexo TEMPO foram preparados para serem transformados para oferecer uma experiência diferenciada para qualquer público, de eventos corporativos até encontros de economia colaborativa. “Conseguimos transformar esse gigante em um lugar aconchegante e multiuso”.


Juntos, os cinco galpões somam 6.250 m2 com pé direito de 5,20 m de altura até a treliça e 5,90 m até o grid. Apenas a pista de dança principal cobre uma área de 890 m2 e conta com mezaninos laterais com entradas e saídas independentes, bares e banheiros exclusivos construídos e suspensos em containers artisticamente trabalhados.


Com tão pouco tempo de vida, Pian já tem prevista uma expansão. “A Teia Klub fez um sucesso tremendo por aqui e a estética industrial se tornou a cara do projeto. Então, decidimos que o Komplexo TEMPO poderia ser a casa fixa desse público LGBTQIA+ que ganhará um Night Club fixo para três mil pessoas em uma área de 2.880 m2, que será inaugurado em setembro. Contudo, com três festas que serão realizadas durante a Parada Gay de São Paulo, o público já poderá ter um spoiler do que poderão esperar de nós”.


Sobre Klaus Pian

Klaus é um empresário da noite que tem seu carimbo em um dos maiores sucessos do setor, a The Week. Agora, com a Komplexo TEMPO, além de toda a sua experiência no mundo dos negócios do entretenimento, tem deixado aflorar cada vez mais seu lado de agitador cultural. Arrastando multidões em qualquer evento que tem sua mão, é uma verdadeira locomotiva da noite paulistana que, agora, na Mooca, encontrou seus trilhos.


Desde muito cedo ele atuou em produções culturais, prevendo tendências e transformando pistas de danças em verdadeiros espetáculos que encantavam cada vez mais o público. O seu olhar vanguardista e sempre pioneiro imprimi sua marca registrada em seus projetos, todos alcançando fama rápida e gigante, como a Kiron, a The Pool, a Fabrica 5, o Mood Club, o Grand Metrópole e a The Week. Todos influenciaram pessoas e os caminhos que esse mercado seguiu, além de fomentar marcas e movimentos dentro e fora do Brasil.


2 visualizações0 comentário
bottom of page